Repressão em Destaque

29/06/2020

A Operação "De onde fala" tem o objetivo de inibir a comercialização de telefones celulares novos de origem ilícita comercializados em shoppings populares da capital paulista. Material apreendido é avaliado em R$ 8 milhões, segundo a Receita.

A Receita Federal e a Prefeitura de São Paulo apreenderam nesta quinta-feira (25) cerca de 4 mil celulares 

durante uma operação conjunta em shoppings populares da região central da capital paulista.

O objetivo da operação "De onde fala" foi inibir a comercialização de telefones celulares novos de origem ilícita vendidos na cidade.

Segundo a Receita Federal, a prática lesa os importadores que atuam legalmente e subtrai os empregos legítimos gerados pela atividade legal e os recursos que deixam de ser recolhidos aos cofres públicos da cidade e do país.

Os cerca de 4 mil celulares apreendidos nesta quinta estão avaliados em quase R$ 8 milhões, de acordo com a Receita.

Além da perda das mercadorias apreendidas, os responsáveis pelas loj...

22/06/2020

Ação policial ocorreu nesta segunda-feira, 15.

A Polícia Civil fechou um comércio ilegal de roupas falsificadas e cumpriu 11 mandados de busca e apreensão em Gaspar na tarde desta segunda-feira, 15. No galpão foram encontradas cerca de 30 mil peças de roupas, além de chinelos, etiquetas e tags, que gerariam faturamento de R$ 6 milhões, se fossem vendidas pelas marcas originais.

A operação foi realizada por meio do Setor de Investigações e Capturas (SIC) de Gaspar e contou com o apoio da Polícia Civil de Ilhota, além da Divisão de Investigação Criminal (DIC) e o SIC de Brusque.

Conforme o delegado Bruno Fernando, as investigações começaram após o departamento jurídico das empresas afetadas com a falsificação procurarem a Polícia Civil para relatarem o crime. Diante dos fatos, os policiais civis da SIC de Gaspar

realizaram uma investigação que durou meses.

Com isso, eles conseguiram identificar o esquema de confecção, armazenamento e comercialização de diversas roupas de marcas. Os prod...

18/06/2020

Fiscalização conjunta da PRF e Receita Federal encontrou entre o material celulares da marca Xiaomi.

Cerca de 2,7 toneladas de mercadoria de origem estrangeira sem documentação legal foram apreendidas durante fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em ação conjunta com a Receita Federal. Parte dos equipamentos foram encontrados durante vistoria a um caminhão na BR-116, em Chorozinho, na Região Metropolitana de Fortaleza, nesta segunda-feira (15). Outra parte estava em um galpão em Fortaleza.

O material estava sem a documentação necessária para comprovar a regularização fiscal. Entre as mercadorias, havia celulares da marca Xiaomi, capas e carregadores. 

PRF e Receita Federal encontraram um galpão no Bairro Paupina, em Fortaleza, onde estava a maior parte do material apreendido, com indício de importação ilegal, segundo a PRF. 

Também havia películas para celulares, fones de ouvido, caixas de som portáteis, receptores de IPTV, entre outros. 

Os equipamentos foram...

10/06/2020

Os itens falsificados estavam escondidos por baixo de rações para animais.

Cerca de sessenta mil reais em itens de vestuário falsificados foram recuperados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Povoado Carié, zona rural do município de Canapi/AL, na última quarta-feira (03). Os produtos eram réplicas de marcas famosas e estavam sendo transportados ilegalmente em meio a uma carga de rações para animais.

Uma equipe realizava fiscalizações em frente à Unidade Operacional (UOP) do Carié, na BR – 423, quando deu ordem de parada a um caminhão baú/VW, de cor branca e placa de Pintangui/MG. Após abordagem, os agentes solicitaram a documentação da carga, do condutor e do veículo. O homem apresentou uma nota fiscal informando que transportava rações de animais e algumas caixas de calçados.

Desconfiados que o material pudesse ser drogas e pelo nervosismo do motorista, os PRFs decidiram verificar a mercadoria, onde encontraram dezenas de caixas contendo tênis de marcas famosas como Nike, Adidas e...

08/06/2020

Alvo da ação é shopping popular que está fechado à população mas armazena mercadoria contrabandeada.

A Polícia Civil e a Prefeitura de São Paulo fizeram, na manhã desta segunda-feira (8), uma operação contra a pirataria no Brás, no centro de São Paulo.

O alvo da operação é o Shopping Tupan, que fica na rua Valtier - umas das mais movimentadas da região.

O shopping tem cerca de 400 boxes e, segundo a investigação, pelo menos metade deles tem mercadoria contrabandeada e pirateada. São milhares de tênis, brinquedos, roupas, e todo o tipo de produto.

O shopping não está funcionando aberto ao público nesta quarentena, mas está tudo armazenado lá.

Neste mesmo shopping, no ano passado, foram apreendidas 200 toneladas de contrabando.

Fonte: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2020/06/08/policia-civil-e-prefeitura-de-sp-fazem-operacao-contra-pirataria-no-bras.ghtml

04/06/2020

A carga chegou ao Brasil em processo de importação, mas não estava devidamente declarada.

A Alfândega da Receita Federal no Porto de São Francisco do Sul/SC identificou centenas de caixas contendo mercadorias não declaradas em procedimento de verificação física de uma carga de mesas, procedente da China. Dentre elas, foram identificadas 400 caixas com 50 máscaras faciais cada, totalizando 20 mil unidades. O procedimento de verificação física foi realizado no Recinto Alfandegário do Porto de Itapoá/SC.  A carga teria como destino uma empresa situada em Itajaí/SC.

Após finalizados os trâmites do procedimento administrativo, as mercadorias serão objeto de termo de apreensão para posterior perdimento e destinação para o enfrentamento do novo coronavírus.

Fonte: http://receita.economia.gov.br/sobre/acoes-e-programas/acoes-da-receita-federal/noticias/2020/junho/9a-regiao-fiscal/receita-federal-apreende-apreende-no-porto-de-itapoa-carga-de-mascaras-que-poderao-ser-utilizadas-no-enfrentamento-a-c...

03/06/2020

De acordo com investigadores, os produtos iriam abastecer o comércio clandestino em áreas onde a milícia atua na Zona Oeste da cidade.

A Polícia Civil apreendeu na manhã desta quarta-feira (27) uma carreta com cerca de dez toneladas de produtos falsificados. O

material estava em uma carreta de seis eixos na Rua Comendador Guerra, na Pavuna, na Zona Norte do Rio. Trata-se da maior apreensão de mercadorias falsificadas no país no ano de 2020.

De acordo com os investigadores da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM), os produtos iriam abastecer o comércio clandestino em áreas onde a milícia atua na Zona Oeste da cidade. A mercadoria foi avaliada em R$ 9 milhões.

Uma pessoa foi presa e responderá por crime de venda de produtos falsos.

Fonte: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/05/27/policia-civil-apreende-carreta-com-cerca-de-10-toneladas-de-produtos-falsificados-na-zona-norte-do-rio.ghtml

11/05/2020

A Polícia Civil apreendeu, na manhã desta quinta-feira (7), mais de 3 mil peças de roupas falsificadas. O material foi apreendido em um imóvel na rua Arturo Martini, no Jardim Marília, na zona leste da cidade de São Paulo.

O local foi descoberto por agentes da 1ª Delegacia de Polícia de Investigações sobre Propriedade Imaterial, que apuraram que a confecção clandestina de roupas de marcas funcionava na parte superior de uma residência.

A estrutura contava com máquinas de costuras industriais operadas por bolivianos. O maquinário e os vestuários foram apreendidos. Os produtos foram encaminhados ao Instituto de Criminalística (IC) para perícia.

Fonte: https://rapidonoar.com.br/deic-apreende-mais-de-3-mil-pecas-de-roupas-falsificadas

04/05/2020

Produtos estampavam diversas marcas importadas; motorista do caminhão foi detido.

Uma carga de calçados falsificados foi apreendida na segunda-feira (27) na BR-423, em Garanhuns, no Agreste. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a mercadoria era transportada em um caminhão, escondida no meio de chapas de ferro. No total, foram encontrados 226 pares.

As equipes realizavam uma fiscalização no km 94 da rodovia, quando abordaram um caminhão ocupado apenas pelo motorista. "Ao verificar a carroceria do veículo, foram encontradas centenas de caixas com tênis, sapatos e sandálias de marcas importadas", conforme informou a PRF.

O motorista, de 49 anos, informou que os produtos haviam saído da região Sudeste. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Garanhuns e deverá responder pelo crime contra registro de marca, com pena de detenção de um a três meses ou multa.

Fonte: https://g1.globo.com/pe/caruaru-regiao/noticia/2020/04/28/carga-de-calcados-falsificados-e-apreendida-na-br-...

23/04/2020

Produto estava em carga de caminhão interceptado no Brás e seria vendido em comércio popular de rua no Centro da capital paulista.

A Polícia Civil apreendeu na manhã desta quinta-feira (23) milhares de máscaras de tecido falsificadas em meio a uma grande carga de produtos pirateados.

A mercadoria estava em um caminhão que foi interceptado no Brás, região de comércio popular no Centro de São Paulo.

Segundo a investigação, o caminhão vinha de Apucarana, no Paraná, e iria descarregar em um shopping popular na região central da capital paulista.

As máscaras, de tecido, apreendem emblemas de marcas famosas e foram falsificadas.

a carga também foram apreendidos bonés e outros produtos contrabandeados.

Fonte: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2020/04/23/policia-civil-apreende-mascaras-falsificadas-em-sp.ghtml

22/04/2020

Além dos calçados falsificados, foram encontrados 72 bolsas e 110 pares de sapatos sem marca.

Um caminhão carregado com 2.136 pares de tênis e sandálias com indícios de falsificação foi apreendido nesta segunda-feira (20), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-104, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. O veículo havia saído de Minas Gerais para realizar entregas em empresas de Pernambuco.

De acordo com a PRF, policiais realizavam uma ronda no quilômetro 53 da rodovia, quando avistaram um caminhão parado no acostamento e o motorista utilizando o celular. Após uma verificação na carroceria do veículo, foram encontradas centenas de caixas com calçados de várias marcas importadas.

O veículo foi conduzido até o posto da PRF de Juriti e além dos calçados falsificados, foram encontrados 72 bolsas e 110 pares de sapatos sem marca.

Segundo a PRF, o motorista informou que trabalhava em uma transportadora mineira e realizava entregas nos estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ala...

14/04/2020

Quatro integrantes da quadrilha foram presos no flagrante. Ao todo, foram recolhidos 15 mil pacotes do produto.

A BPMRv (Batalhão de Polícia Militar Rodoviária) apreendeu neste domingo de Páscoa, dia 12 de abril, 15 mil pacotes de cigarro contrabandeados em Nova Alvorada do Sul – 120 quilômetros de Campo Grande. Segundo informações preliminares, quatro suspeitos foram presos pelo crime. A carga foi avaliada em R$ 1 milhão.

Conforme divulgado, a apreensão aconteceu durante ações da Operação Hórus, coordenada pelo MJSP (Ministério de Justiça e Segurança Pública) e pela Seopi (Secretaria de Operações Integradas).

As caixas de cigarro estavam em um Mercedes Benz MB 1113. Com a apreensão dos 15 mil pacotes do produto causaram um prejuízo de R$ 1 milhão para a quadrilha. Durante o flagrante, outros dois carros, que eram usados no serviço de batedor da carga, também foram recolhidos – um Audi A3 e um Hyundai Santa Fé.

Quatro integrantes da quadrilha foram presos no flagrante. Os nomes e idades nã...

30/03/2020

Estelionatários, que estão sendo alvos da Polícia Civil do DF, da Vigilância e do Procon, misturam até gel de cabelo no produto.Com alta demanda e pouca oferta, criminosos estão aproveitando para lucrar com a venda de álcool em gel na internet. O produto é uma das principais armas no combate ao novo coronavírus.

Com fábricas clandestinas e manipulação inadequada de líquidos inflamáveis, infratores colocam a vida de outros e a própria vida em risco. Os itens usados nas misturas variam de gel para cabelo, solução para ultrassom e etanol.

A fabricação é feita de forma improvisada, em casas e galpões no Distrito Federal. Os itens, de baixo custo e eficácia não comprovada, após misturados, embalados e rotulados, são vendidos em grande escala para farmácias e na web.

O preço final para o consumidor, mesmo se tratando de um produto clandestino, é salgado. Varia de R$ 25 a R$ 50 a unidade.

Fonte: www.metropoles.com/distrito-federal/criminosos-do-df-fabricam-e-vendem-alcool-em-gel-pirata-na-we...

23/03/2020

Modelos originais da mercadoria falsificada chegam a custar R$ 400,00


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na noite desta terça-feira (17), em Russas, uma carga de dois mil pares de tênis falsificados. Os calçados vinham da região sudeste do país e seriam entregues em Fortaleza (CE).

Por volta das 22h de ontem, no quilômetro 159 da BR-116, agentes da PRF abordaram uma carreta carregada com 132 caixas de calçados, com aproximadamente 2 mil pares de tênis de várias marcas. O condutor, um homem de 50 anos, não apresentou a nota fiscal da mercadoria.

Em fiscalização detalhada do material, os policiais verificaram que os modelos apresentavam indícios de falsificação e consultaram os representantes comerciais das marcas. Eles confirmaram a suspeita de falsificação. Alguns dos modelos falsificados eram cópias de calçados que custam até R$ 400,00.

O motorista do caminhão confessou que o material era irregular e seria entregue em Fortaleza.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de P...

09/03/2020

Foram recolhidos, principalmente, roupas e calçados que imitavam marcas famosas. Responsáveis podem ser indiciados por crime contra o registro de marca.

Policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) apreenderam três toneladas de produtos falsificados em cinco lojas de Araras (SP), nesta quinta-feira (5).

A operação, que tinha o objetivo de combater a pirataria, apreendeu principalmente roupas e calçados que imitavam marcas famosas.

Segundo a polícia, os responsáveis pelas lojas serão ouvidos e poderão ser indiciados por crime contra o registro de marca. 

Fonte:https://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2020/03/05/operacao-em-araras-apreende-3-toneladas-de-produtos-falsificados-em-cinco-lojas.ghtml

Please reload

Contato

55 11 2246 2755

faleconosco@bpg.org.br

Endereço

Avenida Paulista, 37 - 4º andar

Bela Vista l São Paulo - SP  l  01311-902

© 2015  BPG  Brand Protection Group  l  All rights reserved