Receita apreende 4 mil bolsas e 27 mil cintos falsificados em Suape

Uma operação realizada pela Receita Federal no Porto de Suape, Litoral Sul de Pernambuco, apreendeu 4 mil bolsas e 27,6 mil cintos falsificados, de marcas reconhecidas mundialmente. Os produtos vinham da China e tinham um valor de mercado aproximado de R$ 500 mil. 

De acordo com a Alfândega do Porto de Suape, os objetos foram encontrados na sexta-feira (29) e estavam em dois contêineres diferentes. “A importação era, de fato, de bolsas e cintos, muitos deles verdadeiros. Mas verificamos, no meio dos produtos, essa quantidade de material falsificado”, comentou Carlos Eduardo Oliveira, inspetor-chefe da Alfândega do porto. 

O foco inicial da operação foram os produtos esportivos, como bolas, mascotes e camisas, visando a Copa do Mundo de 2014. Entretanto, nenhum material desse tipo foi encontrado. A operação da Receita é nacional e também foi realizada nos portos de Santos (SP), Vitória (ES), Rio de Janeiro (RJ), Rio Grande (RS), Paranaguá (PR) e Itajaí (SC). 

As marcas falsificadas foram Louis Vuitton, Chanel, Gucci, Valentino e Hermès. Todos os produtos ainda se encontram no Porto de Suape. A Alfândega entrou em contato com as empresas responsáveis, que têm até dez dias para pedir o recolhimento do material. 

Fonte: G1

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Contato

55 11 2246 2755

faleconosco@bpg.org.br

Endereço

Avenida Paulista, 37 - 4º andar

Bela Vista l São Paulo - SP  l  01311-902

© 2015  BPG  Brand Protection Group  l  All rights reserved