Entidades pressionam o legislativo por medidas eficazes no combate à pirataria.


Em 16 de setembro de 2014, o Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (ETCO) e o Fórum Nacional Contra a Pirataria e a Ilegalidade (FNCP), com o apoio do BPG e de mais 17 entidades lançam um manifesto aos candidatos e atuais ocupantes de cargos do legislativo com diversas medidas necessárias para alteração o aumento do controle e da fiscalização. De acordo com um levantamento divulgado pelo FNCP, em 2013 os prejuízos ultrapassaram os 30 bilhões de reais. Além dos inúmeros prejuízos ao bolso e à saúde do contribuinte. O BPG como membro do FNCP apoia o manifesto e suas solicitações ao legislativo. Mais informações podem ser adquiridas na reportagem abaixo, publicada na Folha de São Paulo. Manifesto Defesa do Mercado Legal Brasileiro