DRCPIM fecha camelódromo da Uruguaiana em ação de combate à pirataria

Policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM) deram início, realizaram entre os dia 07 e 13 de Julho , a operação Jerichó, no mercado popular de Uruguaiana, no Centro do Rio, visando a fiscalização da venda de produtos pirateados.


De acordo com a delegada Valéria Aragão, titular da especializada, durante as investigações da DRCPIM foram expedidos mandados de busca e apreensão pela 5ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça, para 1100 boxes do mercado popular.


A ação contou com o apoio da Secretaria Municipal de Ordem Pública(SMOP) e diversos escritórios de combate à pirataria de empresas detentoras de marcas, além de agentes de unidades e oficiais de jstiça.


Estima-se em mais de três de toneladas de produtos apreendidos que, posteriormente, devem ser submetidos a uma perícia para saber se são pirateados, contrabandeados ou roubados.

Agentes da DRCPIM e da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) realizaram um levantamento sobre os vendedores que comercializavam produtos piratas no local. O objetivo é excluir do cadastramento quem estava trabalhando irregularmente no Camelódromo.


Saiba Mais: 

Globo TV  

G1

Estadão

IG

Polícia Civil

EBC

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Contato

55 11 2246 2755

faleconosco@bpg.org.br

Endereço

Avenida Paulista, 37 - 4º andar

Bela Vista l São Paulo - SP  l  01311-902

© 2015  BPG  Brand Protection Group  l  All rights reserved