Operação apreende 17 toneladas de produtos falsificados e fecha 80 boxes no Brás, em SP

Com a apreensão desta quinta (1º), Prefeitura calcula que já apreendeu 1.667 toneladas de produtos nas operações este ano; 70% são roupas e calçados.

 

Uma operação da Polícia Civil e da Prefeitura de São Paulo apreendeu dezessete toneladas de produtos falsificados no comércio popular do Brás nesta quinta-feira (1º). Com esta operação, a Prefeitura calcula que já tenha apreendido 1.667 toneladas de produtos nas operações desde dezembro. Desse número, 70% são de roupas e de calçados.

A operação desta quinta fechou 80 boxes que funcionavam no Largo da Concórdia e apreendeu 70 mil itens.

A Frente Nacional de Combate à Pirataria calcula que só no ano passado o Brasil tenha deixado de ganhar R$ 193 bilhões com a produção e venda de itens falsificados. Para o secretário executivo da Prefeitura Fábio Lepique, a preocupação é combater a concorrência desleal.

"Criar um clima de ordem e de respeito à legislação, de respeito às pessoas que trabalham de maneira correta, erradicando sempre que possível essa concorrência desleal que representa a pirataria e a venda desses produtos contrafeitos", afirmou.

Desde dezembro de 20018 a Prefeitura da capital com o apoio do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) e da Receita Federal já fiscalizou e interditou 22 locais, entre lojas, galerias, shoppings e galpões.

 

 Combate à pirataria

 

Cerca de cem pessoas, entre policiais da delegacia antipirataria do Deic, funcionários da prefeitura e guardas civis metropolitanos, participaram da operação desta quinta-feira (1º).

O trabalho se concentrou em quatro galerias no Largo da Concórdia, uma das principais regiões de comércio popular da capital.

As equipes percorreram cerca de 80 boxes e encontraram roupas, bonés, tênis e relógios falsificados. Segundo a prefeitura, os produtos vendidos no local vão para outros estados e até para países da América Latina.

Durante a operação, lojas que vendiam produtos piratas foram fechadas pela prefeitura. Os donos ou responsáveis foram encaminhados para a polícia para prestar depoimento.

Os agentes separaram por categoria e colocaram em sacos plásticos 70 mil itens falsificados. Todo o material ficará sob custódia dos escritórios de advocacia que representam as marcas originais em depósitos na capital.

O delegado Wagner Carrasco diz que o objetivo da operação é reduzir a comercialização de produtos falsificados.

“E assim consequentemente acabar auxiliando a população na compra de um produto melhor, um produto que não seja danoso à saúde, bem como o pagamento correto relacionado ao tributo ao estado”, afirma.

 

Fonte: https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2019/08/01/operacao-apreende-17-toneladas-de-produtos-falsificados-e-fecha-80-boxes-no-bras-em-sp.ghtml

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Contato

55 11 2246 2755

faleconosco@bpg.org.br

Endereço

Avenida Paulista, 37 - 4º andar

Bela Vista l São Paulo - SP  l  01311-902

© 2015  BPG  Brand Protection Group  l  All rights reserved