Polícia Civil de Limeira descobre fábrica de perfumes falsificados e detém 27 suspeitos

Milhares de perfumes importados falsificados foram apreendidos no galpão da 'fábrica', que fica no bairro Parque Hipólito; proprietário já tinha passagem pela polícia pelo mesmo crime.


A Polícia Civil de Limeira (SP) deteve 27 pessoas em uma fábrica de perfumes falsificados nesta terça-feira (8). No local foram apreendidas milhares de caixas com perfumes importados falsificados.

Os policiais chegaram à "fábrica", que fica no bairro Parque Hipólito, por volta de 10h desta terça. Durante a operação um carro que estava no local também foi apreendido. O veículo tinha 10 caixas de perfumes que seriam vendidos em Campinas (SP).


No local foram encontradas centenas de caixas de papelão e dentro delas várias embalagens com perfumes. Até a publicação desta reportagem a quantidade não tinha sido revelada pela Polícia Civil.


Na fábrica também funcionava o "laboratório" onde eram feitas as misturas de essências e os perfumes eram produzidos.

Os dois proprietários da fábrica foram detidos, além de outras 25 pessoas. Um dos donos já tinha passagem pela polícia em 2019 pelo crime de falsificação, segundo a Polícia Civil.

Todos os detidos foram levados para a delegacia de Cordeirópolis (SP), onde o caso será registrado como falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produtos cosméticos. Ainda não se sabe se todos ficarão presos.



A Guarda Municipal de Limeira também participou da ação.


Fonte: https://g1.globo.com/sp/piracicaba-regiao/noticia/2021/06/08/policia-civil-de-limeira-descobre-fabrica-de-perfumes-falsificados-e-detem-27-suspeitos.ghtml