Receita Federal apreende roupas e calçados contrabandeados e falsos em lojas e depósitos de SP

Valor de itens pode chegar a R$ 10 milhões. Estabelecimentos serão interditados pela Prefeitura de SP, e terão alvará de funcionamento cassado.


A Receita Federal e a Prefeitura fizeram nesta quarta-feira (24) uma operação conjunta em lojas e depósitos de artigos de vestuário e calçados falsificados da cidade de São Paulo. O valor das mercadorias pode chegar a R$ 10 milhões.

Após a apreensão das mercadorias pela Receita Federal, o alvará de funcionamento dos estabelecimentos será cassado e eles serão interditados pela Prefeitura.

De acordo com a Receita Federal, o contrabando de produtos falsos desse tipo lesam os comerciantes, importadores e produtores brasileiros que seguem a legislação, diminuem os empregos legítimos e sonegam tributos, que deixam de ser recolhidos aos cofres públicos.

Também são violados direitos autorais e de marcas, desestimulando o investimento por empreendedores no Brasil.

Além da perda das mercadorias apreendidas, gerando milhões em prejuízo para o crime organizado, os responsáveis são acusados de crimes de contrabando e outros correlatos.

A Prefeitura de São Paulo apoiou a ação por meio da Subprefeitura da Mooca, auxiliando a logística de remoção das mercadorias, e da Guarda Civil Metropolitana, que preservou o perímetro do local garantindo a segurança das diligências.


Fonte: Receita Federal apreende roupas e calçados contrabandeados e falsos em lojas e depósitos de SP | São Paulo | G1 (globo.com)